Trocas Solidárias
(08/07/2011)

Dourados é a segunda cidade mais populosa do Estado de Mato Grosso do Sul. Grande parte das famílias que chegam a este município vem da zona rural em busca de melhores condições de vida e estudo para os filhos. Sem mão de obra qualificada e baixa escolarização, o desemprego tem aumentado significativamente, gerando um percentual grande de pessoas sobrevivendo abaixo da renda mínima.
Com o incentivo do Banco Comunitário de Desenvolvimento, o Banco Pire, surgiram nos bairros populares, novas iniciativas econômicas, como resposta à crise, como resistência dos empobrecidos, como alternativa ao desemprego e como meio de sobrevivência. São experiências de geração de trabalho e renda, associativas e solidárias, de desenvolvimento sustentável, buscando a satisfação das necessidades básicas, valorizando a liberdade, o companheirismo, a auto-gestão e a preservação dos ecossistemas.
Ao longo da historia, as sociedades humanas desenvolveram inúmeras fórmulas para efetivar trocas de produtos e bens. Estas se baseavam em padrões monetários de valor material, empregando produtos de origem animal, vegetal ou mineral. As trocas estimularam o desenvolvimento de feiras, alcançando grande importância econômica e social em diversas regiões do mundo.
Com o surgimento das moedas nacionais, todos os bens e serviços passaram a ser medidos em dinheiro, permitindo quantificar o seu valor e relaciona-los com outras mercadorias através de trocas indiretas.
Com esse intuito, nos dias 29, 30 e 31 de julho estará acontecendo a 3ª edição em nossa cidade de “Trocas Solidárias” onde as pessoas podem participar trazendo algum produto usado e em bom estado de conservação, para trocá-los por moeda social – PIRAPIRE, estendendo assim, a vida útil dos produtos de forma a evitar o desperdício e contribuir com a preservação do meio ambiente.
Poderão ser trocados ou doados produtos como: confecções, calçados, utensílios em geral, eletrônicos, brinquedos e objetos de pequeno porte, sendo que o valor da troca não ultrapassará de 20,00 Pirapires.
Local de entrega dos produtos: Salão da Associação de Moradores do Terra Roxa
Recebimento dos produtos - dia 29 e 30 de julho de 2011 das 14:000hs às 16:30 hs
Trocas Solidárias e amostras de produtos da Economia Solidária – dia 31 de julho das 08:00 hs às 16:00 hs.


Coordenação do Banco Comunitário de Desenvolvimento – Banco Pire


Versão para impressão
    Sobre o autor
Neusa Gripa

Assistente Social, coordenadora do Banco Pire
Outros artigos

  » O que é uma Economia Solidária?
  » Comunhão com o povo de Brumadinho
  » NOTA DA CONGREGAÇÃO DAS IRMÃS CATEQUISTAS FRANCISCANAS
  » Confie Sempre
  » Sementes de ontem, frutos de hoje, Sementes de hoje, frutos de amanhã!
  » Só de Sacanagem
  » Eleições 2018:Compromisso e Esperança
  » Economia Solidária como alternativa e crítica ao capitalismo
  » Os Jogos Olímpicos entre patriarcado e elitismo
  » Conhecendo o Cerrado
  » 2ª Romaria do Cerrado
  » Campanha de Coleta de Assinaturas #Contra o Golpe #Fica Dilma #Avança Senaes
  » TRAJETORIA DA ECONOMIA SOLIDÁRIA E BANCO PIRE EM DOURADOS - MS
  » A dolorosa resistência dos Guarani Kaiowá
  » Violência contra guaranis no Brasil pode ser considerada uma crise humanitária
  » Sobre a Água
  » A crise é hídrica, não energética
  » Sobre a água: Sem drama. Sem sentido. Sem vida!
  » Plebiscito popular por reforma política é nesta semana
  » Reforma política: somar, não dividir!

1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - 7 - Próxima
Banco Pire 2020 - Rua Ramão Osório, N° 10 - Vila São Braz - Dourados - MS - CEP: 79843-250
Fone: (67) 3020-2504 / (67) 99657-2504 - E-mail: ammbancopire01@gmail.com