Genocidio com os povos indígenas
(setembro de 2015)

A comunidade Guarani foi brutalmente atacada pelos pistoleiros dos fazendeiros.
A comunidade guarani, de Pyelito Kuê, havia reocupado uma pequena parte da sua terra ancestral dois dias antes e, desde então, tem sido vítima de ataques nas mãos dos pistoleiros contratados pelos fazendeiros. Uma mulher guarani teria sido estuprada e agredida, e, agora, está hospitalizada.
Na sexta-feira, 18, pela manhã, os pistoleiros voltaram a atacar os indígenas desta comunidade. As informações assinalam que vários ficaram feridos e muitos fugiram aterrorizados para uma pequena parcela do bosque. Cerca de 30 indígenas foram obrigados a subirem na parte traseira de uma caminhonete, que os conduziu longe para abandoná-los finalmente em um canal.
Os pistoleiros destruíram também as equipes de comunicação do projeto "Voz indígena”, facilitado pela organização em defesa dos povos indígenas e tribais Survival Internacional. Este permite que os indígenas se comuniquem com o restante do mundo e denunciem sua situação.


    Outras notícias
  » 3ª feira do Cerrado
  » Manifestação da CNBB
  » Primeiro encontro da Rede de Economia Solidária
  » Incubadoras da UEMS e UFGD oferecem curso de Economia Solidária
  » VI Conferência Internacional de Pesquisas e Estudos sobre Economia Social e Solidária
  » Encontro de Planejamento e Novas Perspectivas para a Rede Brasileira de Bancos Comunitários O Banco Comunitário Digital e a Plataforma E-dinheiro
  » Rede Brasileira de Bancos Comunitários compra plataforma E-dinheiro
  » Inauguração da Central de Comercialização da Rede de Economia Solidária
  » Central de Comercialização da Rede de Economia Solidária da Cidade de Dourados
  » Audiência pública reúne mais de 300 representantes da economia solidária
  » Audiência Pública pelo avanço da Política Nacional de Economia Solidária
  » III Seminário Nacional dos Fundos Solidários
  » Texto Referencial - Preparação para o 3º Seminário Nacional de Fundos Solidários
  » Moeda Social Pira pire já encontra cadastrado na Moeda Eletrônica
  » Romaria do cerrado
  » Banco da Cascata e Banco Justa Troca em Porto Alegre
  » Campanha de Coleta de Assinaturas #Contra o Golpe #Fica Dilma #Avança Senaes
  » Reunião com Tecnica da Cáritas Brasileira
  » Curriculo
  » ONG Mulheres em Movimento tem Nova Coordenação

1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - 7 - 8 - 9 - 10 - 11 - 12 - 13 - Próxima
Banco Pire 2020 - Rua Ramão Osório, N° 10 - Vila São Braz - Dourados - MS - CEP: 79843-250
Fone: (67) 3020-2504 / (67) 99657-2504 - E-mail: ammbancopire01@gmail.com