Economia Solidária são atividades econômicas de produção, distribuição consumo, poupança e crédito, organizadas sob a forma de auto-gestão. Além da geração de renda a economia solidária propõe uma mudança nas relações interpessoais e com o meio ambiente. Defende a cooperação em vez de competição, a preservação dos recursos naturais e a não exploração dos trabalhadores. Respeita a igualdade de todos nas decisões. Surge como alternativa de geração de trabalho e de renda e é uma resposta a favor da inclusão social.


1. Empreendimentos de Economia solidária São experiências nas quais vigora o trabalho coletivo, a democracia, a colaboração, a troca de afeto, a distribuição justa do resultado do trabalho realizado. Que gera uma Economia para a liberdade.


2. Consumidores Solidários: O Consumo Consciente resulta do questionamento sobre o que consumimos – necessidades reais versus consumismo, qualidade, preço e origem versus produto da moda; sobre quem beneficiamos ao consumir determinado produto – os pequenos produtores ou o grande capital. Para isto é necessário ação, mudança de hábitos, busca de novos produtos e fornecedores, enfim, praticar o consumo consciente.


3. Produtores e prestadores de serviços: (Empreendimentos Solidários) - são constituídos por grupos informais e/ou legalmente constituído (familiares, supra-familiares, coletivos) que se organizam e a eles competem: produzir, prestar serviço e praticar comércio justo, com a finalidade de gerar trabalho e renda, a partir dos princípios básicos da economia solidária


4. Fórum Municipal de Economia solidária: Espaço coletivo para discutir, aprofundar e deliberar ações à Rede de Economia Solidária do Município. Dele fazem parte: Empreendimentos solidários (dois por cada núcleo de base); Entidades de apoio e representante do poder público.


5.Conselho Municipal de Economia Solidária: É a participação popular na gestão pública para que haja um melhor atendimento à população. Criado em agosto de 2012, pela Lei municipal nº 3.616.

"Muita gente pequena,
em muitos lugares pequenos
fazendo coisas pequenas,
mudará a face da terra".


Imagem 1 de 13 Imagem 2 de 13 Imagem 3 de 13 Imagem 4 de 13



Imagem 5 de 13 Imagem 6 de 13
Aluap (Paula de Paula)
Imagem 7 de 13
Grupo Guate (Guarani e Terena)
Imagem 8 de 13
Mãos de Fada (Geiza)



Imagem 9 de 13
M.N. Confecções (Maria Neuza)
Imagem 10 de 13
Padaria Sonho Meus (Aide Shnnorr)
Imagem 11 de 13
PireVest (Micro empresa cooperada)
Imagem 12 de 13
Associação das produtoras de Lagoa Grande



Imagem 13 de 13
Velas Artesanais (Ana Cleia)

Voltar

Banco Pire 2020 - Rua Ramão Osório, N° 10 - Vila São Braz - Dourados - MS - CEP: 79843-250
Fone: (67) 3020-2504 / (67) 99657-2504 - E-mail: ammbancopire01@gmail.com